Design,Tutoriais -

Borda Branca no Contorno Preto do Illustrator – Como Resolver?

Muitas pessoas, principalmente os menos experiêntes, da área de design não conseguem imaginar o mundo antes da editoração eletrônica. E, realmente, quem não acompanhou sua evolução, pode acreditar que o WYSIWYG (What You See Is What You Get) é algo absoluto. Mas a verdade é que há limitações técnicas que impedem que o que seja mostrado no monitor seja exatamente o que vai ser impresso.

Apesar dessas limitações, os softwares de ilustração e editoração tentam simular situações referentes a cores, formas e até possíveis erros. Já falamos, inclusive, sobre cores e como manter a fidelidade aqui mesmo no site. Porém, nem sempre essa simulação é perfeita, mas faz-se necessário indicar ao profissional possíveis erros. Por isso, o Illustrator pode apresentar comportamentos que podem parecer bugs, mas que na verdade são apenas alertas e devem ser interpretados como tal.

Um dos casos mais comuns e extremamente discutido nos sites de tecnologia é o caso de uma “borda branca” que fica ao redor de alguns elementos mais escuros ou pretos.

Detalhe de Borda Esbranquiçada que fica ao redor de objetos pretos
Detalhe de Borda Esbranquiçada que fica ao redor de objetos pretos

Diferentes tipos de preto

Primeiro precisamos reforçar: isso não é um bug. É um alerta do comportamento esperado para um determinado tipo de preto.

Na impressão existem diferentes tipos de preto. Os mais conhecidos são referenciados como preto simples, preto composto e preto absoluto.

Como já sabemos, quem trabalha com impressão costuma trabalhar no modo CMYK (ou outro modo subtrativo), onde temos a cor aplicada a partir de quantidade de pigmento no papel. O preto simples é aquele que possui apenas o pigmento preto em sua composição. Porém, o tom desse preto pode variar de acordo com a marca do pigmento, papel onde vai ser aplicado e da calibração da impressora. Todas essas variações acabam por causar uma sensação diferente de preto em cada impresso. Com o tempo, técnicas de calibração e padronizações, essa diferença tem diminuído, mas ainda existe. Nos softwares de edição, esse preto geralmente é representado por um cinza muito escuro. Apesar  disso não ser uma simulação absoluta, essa técnica é usada para que o profissional saiba onde está sendo utilizado o preto simples.

Por outro lado, as vezes a densidade do preto não é apropriada para o projeto, ou um erro de registro pode fazer com que fique uma borda branca ao redor do elemento. Existe várias formas para evitar erros visíveis de registro, como trapping ou, neste caso, sobreposição. Então o preto composto é uma técnica usada para diminuir erros de registro ou intensificar o tom do preto, onde é adicionado uma quantidade razoável de outros pigmentos nos elementos desejados da imagem.

Porém, há pessoas que exageram, aplicando o preto absoluto. O preto absoluto nada mais é do que aplicar 100% de todos os pigmentos disponíveis. Não é uma técnica recomendada, principalmente em alguns tipos de papeis, por poder causar borrões, relevo ou outros problemas que variam de acordo com a técnica de impressão usada.

Variações de Pretos
Variações de Tipos de Pretos

Como Corrigir Esse “Problema”?

Isso na verdade não é um problema do Illustrator, é apenas um indicador. É a forma do Illustrator alertar o usuário que a impressão desse elemento pode causar erros de registro. Ou seja, não significa que essa borda vai aparecer, mas há boas chances de que, se ocorrer um erro na impressão, esse problema aparecerá.

Erros de registro ocorrem quando, por algum motivo, as chapas de impressão não estão bem alinhadas, causando um posicionamento errado do local onde a cor foi originalmente planejada.
Erros de registro ocorrem quando, por algum motivo, as chapas de impressão não estão bem alinhadas, causando um posicionamento errado do local onde a cor foi originalmente planejada.

Primeiro vale lembrar que isso só acontece em documentos abertos no modo CMYK. Então se você não está fazendo um documento para impressão, troque para o modo RGB e você não vai ter esse problema (Arquivo > Modo de Cor de Documento > RGB).

Porém, a forma ideal de resolver esse problema, é você aplicar uma quantidade razoável de outros pigmentos ao preto que você está utilizando. Por exemplo, se você está usando o preto para contornar algo magenta, acrescente cerca de 20% a 50% de magenta para esse objeto, o mesmo pode ser feito para outras cores.

Apesar de ser uma solução rápida para diversos casos, principalmente onde há muitas cores próximas, uma terceira possibilidade, porém não muito ideal, devido aos problemas já supracitados, é usar o preto absoluto, onde simplesmente é colocado C=100, M=100, Y=100, K=100 ao preto que deseja aplicar.

Melhorando a Qualidade da Compreensão de Cores

Se por um lado pode parecer incômodo esse alerta, por outro é ainda mais interessante que você busque uma visualização melhor do material que vai ser impresso.

Para isso, o Illustrator nos trás algumas configurações referentes a forma como o preto é demonstrado.

Para acessar essas configurações, vá ao meno Editar (ou Illustrator, no MacOS) > Preferências > Aparência do Preto. Nessa tela, você pode especificar como vai ser o comportamento do preto na impressão ou exibição. É extremamente recomendado que, se você vai trabalhar com algo que vai ser impresso, marque as opções como Exibir Todos os Pretos Com Precisão. O resultado vai ser uma emulação da diferenciação dos tipos de pretos, de acordo com a porcentagem de pigmentos que você aplicar.

Tipos de Pretos Compostos

Com tudo isso, podemos concluir que o caso da borda, queixa muito comum de usuários do Illustrator, nada mais é do que o indicador de comportamento de preto para impressão. É um caso específico do uso em modo CMYK e é bem-vindo para uma melhor qualidade do material final impresso. É interessante usar a visualização de preto composto, unido a visualização de cores de prova (Visualizar>Cores de Prova), para garantir um controle mais ideal e fidelidade.

Compartilhe este post com todos da comunidade de Illustrator ou com aqueles que você imagine que vai tirar um bom proveito das informações aqui passadas.

Obrigado pelo seu tempo.

Dúvidas?
Entre em um de nossos grupos ou deixe um comentário:

Grupo no Facebook Grupo no Telegram